16 abril 2013

Boston


1 comentário:

Nunes da Cruz disse...

É um mistério o funcionamento da cabeça de certas pessoas. Bem, não estou certo de que se possam considerar pessoas.
Sou, por princípio, contra a pena de morte, mas não contra a prisão perpétua, efectiva, e com a obrigação de trabalhar para comer, dormir e vestir.